sábado, 28 de janeiro de 2012

Técnica da Mediunidade


Este livro de 1969, de Carlos Torres Pastorino, por razões desconhecidas não é mais publicado, mas por considerá-lo uma obra de cunho científico, bem importante, acho que o único nesta especificidade, resolvi compartilhá-lo com vocês.

Estou disponibilizando o livro completo para download:

http://www.sendspace.com/file/tuq4p6
http://www.sendspace.com/file/o16klq
http://www.sendspace.com/file/c34qva
http://www.sendspace.com/file/gy3abl
http://www.sendspace.com/file/vr1drx

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

domingo, 15 de janeiro de 2012

Artesanato Orixás














Pessoal, aqui está o inicio do meu trabalho de artesanato com o tema Orixás, conforme estejam prontos vou postando no blog.Por enquanto alguns relóginhos de mesa e um porta-talheres de Yemanja.Quem tiver interesse favor entrar em contato pelo meu e-mail: cwsolange@gmail.com.Beijosss 



sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Pra Começar

Pra começar esse blog, nada melhor do que agradecer...agradecer a DEUS, a cada pessoa que faz, fez ou fará parte da minha vida.Agradecer aos amigos encarnados e desencarnados, a todos os Orixás, guias e protetores.
Para Agradecer
"Obrigada por haver permitido que eu chorasse: compreendendo o meu pranto, você me ensinou que nada há de vergonhoso nele; que é necessário o seu alívio; que nos mostra que somos fracos; que acaba com muitas de nossas mais tolas vaidades.
Obrigada, também, por haver dito que eu não chorasse.
Por me mandar reagir; por fazer-me convencer de que a lamúria é sinal de fraqueza; que a queixa pela queixa não conserta, não constrói, não emenda, não repara.
Obrigada pelo auxílio que me deu, prestimoso, seguro, exato, necessário.
Sozinha, eu não conseguiria alcançar; minhas forças não eram bastantes.
Você, porém, me deu o que faltava para não desistir.Senti o valor da amizade, da luta em que se tem ao lado quem lute pela mesma bandeira, acredite no mesmo ideal, vise ao mesmo fim.
Obrigada, igualmente, por severamente você haver-me mostrado que era chegada a hora do meu esforço, da minha luta, da minha decisão.
Só assim aprendi a confiar em mim, a não transferir, para outros braços, a tarefa que era para os meus.
Nosso coração pode pulsar por outros corações ou voltar-se para eles.
Dentro do nosso peito, porém, só pode pulsar o nosso próprio coração; só ele pode ser a bomba e a mola mestra do existir.
Você me mostrou, negando-se a fazer o que eu deveria, que sou útil, valiosa, indispensável até.
Obrigada pelo que me deu.
Ah, como valeu ! Você tinha o que eu não possuía, aquilo de que desesperadamente carecia e sem o que eu deveria ir adiante, dar um passo sequer a mais.
E você foi genereroso, amigo, sem uma ponta sequer de egoísmo.Para dar-me aquilo que eu buscava, você não pensou em si e atendeu-me.
Conheci, pela doação integral, o valor da generosidade, porque você me deu, e nada se pode dar mais do que a sí próprio.
Obrigada pelo que você me pediu.
Senti que temos algo que sirva; compreender o valor do que podemos oferecer; ver o sorriso compreensivo de quem recebe o nosso pão, a nossa água, o nosso gesto.
Alcançar a magia plena de entendermos que somos alguém para alguém.
Que alguém nos espera ou nos busca; que somos quem permite um certo eu dizer com afeto e plenitude: Nós.
Obrigada porque foi você quem me permitiu e concedeu isto.Obrigada agora e sempre.
Pelo sim que me alegrou e animou, pelo não que me mostrou que ainda seria necessário mais esforço, mais afã.
Obrigada pelo ontem que vale a pena recordar e viver.
Obrigada pelo hoje, pelo agora que deu a dimensão realizadora da felicidade atingida, da vitória alcançada.
Obrigada pelo amanhã, indicativo de paciência, de que não deve ser prematura a colheita, porque ainda não de todo dourado o fruto, saborosa a polpa, doce o mel.
Obrigada por não se haver escondido nas nuvens ou mergulhado na areia.
Obrigada por ser quem é: Acredite que é isto principalmente o que faz ser quem sou.
Ou nos faz sermos quem somos.
Obrigada."
De José Wanderley Dias, como não podia deixar de ser...